<8 de nov de 2006

E nós é que não somos sérios


Por Adam Tanner

SAN FRANCISCO (Reuters) - O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, venceu, com maioria esmagadora, a reeleição na terça-feira, depois de ter decidido se distanciar do presidente George W. Bush e de adotar uma posição moderada.
"Que noite fantástica; eu adoro sequências", disse Schwarzenegger em Beverly Hills. "Mas esta, sem dúvida, é minha sequência favorita", acrescentou o ex-astro de Hollywood, que foi eleito há três anos.
Com mais de dois terços dos votos contabilizados, ele tinha mais de 18 pontos de vantagem em relação ao adversário, o democrata Phil Angelides.
O protagonista do filme "O Exterminador do Futuro", 59, passou a abraçar uma série de iniciativas bipartidárias no Estado, incluindo uma lei para reduzir a emissão de gases causadores do efeito estufa.
Schwarzenegger também procurou se afastar de Bush, evitando-o durante recentes visitas à Califórnia e lançando críticas contra a Casa Branca em questões como aquecimento global.
"Schwarzenegger foi bem-sucedido ao adotar uma agenda mais moderada que afeta a vida das pessoas de uma maneira positiva", disse à Reuters o ex-governador Gray Davis, a quem Schwarzenegger sucedeu há três anos. "Os republicanos em Washington não se sintonizaram com essa agenda e estão pagando o preço por isso nesta noite (de terça-feira)."
A abordagem moderada funcionou em um Estado onde 42 por cento dos 15,8 milhões de eleitores registrados são democratas, ante 34 por cento de republicanos. Também funcionou em casa. O ator nascido na Áustria é casado com a democrata Maria Shriver, sobrinha do ex-presidente democrata John F. Kennedy.

E ai comento? Acho que nem merece! Voltemos aos livros...que ganho bem mais, e posse é bem mais interessante!!!

Noticia:

UOL

imagem www.forbesbookclub.com

Marcadores:

2 Comments:

Anonymous Simone said...

mas nós tb elegemos o Clodovil, snif. A piada de Clodovil foi de mau gosto, né

3:02 PM  
Anonymous Cristiano said...

Esse tipo de notícia me dá forças para continuar acreditando no fim do Império americano... eles estão com os dias contados, não é possível... rs
E respondendo ao seu comentário lá no meu canto virtual, acho que a proximidade falsa do mundo virtual nos traz vantagens e desvantagens, resta a nós sabermos lidar com elas... enfim... ah, então está com 29, como tem sido o seu "Retorno de Saturno"? Fiz um post sobre isso outro dia... acho que estou excessivamente preocupado com o passar do tempo ultimamente, deve ser a idade. :-)

Cris

7:31 PM  

Postar um comentário

<< Home