<2 de out de 2013

Dia a Dia, Lado a Lado



"Eu sonhei que estava exatamente aqui, olhando pra você
Olhando pra você exatamente aqui
Cê não sabe, mas eu tava exatamente aqui, olhando pra você
Cê não sabe, mas eu tava exatamente aqui

Pronto para despertar
Perto mesmo de explodir
Parto para não voltar
Pranto para estancar
Luto para acordar
Tonto de tanto te ver
Perto mesmo de explodir
Prestes a saber por quê

Por que o sol se vai?
Por que um raio cai?
Se a nuvem vem também
Por que você não vem?

Eu sonhei que estava exatamente aqui, olhando pra você
Olhando pra você exatamente aqui
Cê não sabe, mas eu tava exatamente aqui, olhando pra você
Cê não sabe, mas eu tava exatamente aqui

Pronto para despertar
Perto mesmo de explodir
Parto para não voltar
Pranto para estancar
Luto para acordar
Tonto de tanto te ver
Perto mesmo de explodir
Prestes a saber por quê

Por que um raio cai?
Por que o sol se vai?
Se a nuvem vem também
Por que você não vem?

Por que, por que que um raio cai?
Por que, por que que o sol se vai?
Se a nuvem vem também
Por que você não vem?

Nada a ver ficar assim sonhando separado
Se no fundo a gente quer o dia-a-dia, lado a lado
Eu não vou deixar você com esse medo de se aproximar
Pra ter um fim toda história um dia tem que começar

Então me diz por que, por que que um raio cai?
Por que que o sol se vai?
Se não é pra gente perceber que um milagre assim se faz
Por que que o sol se vai?

É natural que seja assim você aí e eu aqui exatamente aqui
É natural que seja assim você aí e eu aqui exatamente aqui
É natural que seja assim você aí e eu aqui exatamente aqui
É natural que seja assim você aí e eu aqui exatamente aqui"


Alguém do outro lado lê? ou como um amigo diria: Tu les?
Esperanças... vida..dia a dia... caminho! Se fez e esta feito... caminharemos outros horizontes? ou caminharemos lado a lado algum caminho? ... só o tempo para responder... por hora me resta a musica que me enche o coração e a alma.





Marcadores: ,