<8 de ago de 2009

depois da semana mundial...


....

Eu quero uma licença de dormir,
perdão pra descansar horas a fio,
sem ao menos sonhara leve palha de um pequeno sonho.
Quero o que antes da vidafoi o sono profundo das espécies,
a graça de um estado.
Semente.
Muito mais que raízes. (Exausto)
Adélia Prado


obs: com um concurso vindo... qual a chance?

Marcadores:

1 Comments:

Blogger Renato Bueloni Ferreira said...

A semente pode morrer de exaustão, mas depois germina e dá vida a uma árvore frondosa para colher muitos frutos.
Sucesso no concurso!

6:40 PM  

Postar um comentário

<< Home